Arquivo mensal dezembro 2018

porAbcc Administrador

Programa Pro-Senar Caprinos de Corte do Senar Bahia

Os participantes do Programa Pro-Senar Caprinos de Corte do Senar Bahia, realizado em parceria com o Sindicato dos Produtores Remanso, realizaram visita técnica ao frigorífico Cabra Bom, que abate caprinos e ovinos no município. Jael, o médico veterinário do frigorifico, acompanhou a turma e iniciou a visita com uma palestra sobre todo o funcionamento da unidade.

Os produtores ficaram surpresos com a área de abate dos animais, já que não conheciam o funcionamento de um frigorífico.  No município, os abates normalmente aconteciam de forma clandestina, sem nenhuma fiscalização quanto às normas técnicas de higiene e bem-estar animal.

“Fiquei impressionado pela forma que o trabalho é realizado. Hoje vimos uma produção que transforma animais em produtos comerciais importantes e o bem-estar deles é uma preocupação do produtor desde a propriedade até o produto final. Essa visita abriu e muito nossa mente em relação a produção de carne de alta qualidade”, ressaltou o um dos participantes, o produtor rural Raimundo Nonato.
O instrutor André Campelo, que ministrou o curso de Formação Profissional Rural (FPR) com o tema “Bem-estar animal na melhoria da produção” acompanhou o grupo na visita técnica e pôde explicar, na prática, o quanto é importante o manejo na propriedade e o transporte dos animais ao frigorifico para que se obter maior rendimento na carcaça. O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Remanso, Adriano Paes Landim, e o técnico de campo do Programa, Fábio Marreiro, discutiram com o representante do frigorífico a proposta de um contrato que fidelize os produtores atendidos pelo Pro-Senar, para que passem a ser fornecedores de animais para a unidade. “Os produtores participantes do programa possuem aproximadamente 1.500 cabeças de caprinos e ovinos, e condições suficientes para fornecer animais padronizados para o abate”, destacou o presidente do Sindicato.

O diretor do frigorífico Cabra Bom, José Porphírio, apresentou a capacidade de abate da unidade, os cortes que são realizados, bem como as ações para compra dos animais nas propriedades. Informou também que já foi encaminhado ao Ministério de Agricultura e Pecuária (Mapa) o processo para obtenção do Selo de Inspeção Federal (SIF), o que possibilitará a comercialização dos cortes de carnes em todo o território nacional, aumentando de forma significativa a demanda por animais para o abate.

Fonte: Ascom Sistema Faeb (com informações da Gerência de Programas do Senar Bahia)